Uma olhada de perto no Motorola One Vision

0
3
uma-olhada-de-perto-no-motorola-one-vision

O Motorola One Vision é o segundo celular da marca no Brasil com Android One. Com preço sugerido de R$ 1.999, ele tem atualizações de software garantidas, tela de 6,3 polegadas com proporção 21:9 e uma câmera de 48 megapixels com direito a modo noturno para capturar fotos no escuro.

Em relação ao primeiro Android One da empresa, o Motorola One, o novo smartphone ganhou uma tela maior com entalhe mais discreto, mais capacidade de armazenamento e uma bateria maior. O processador foi atualizado — e, por mais estranho que isso possa parecer, é um chip da Samsung. Eu fui conhecer o aparelho de perto e conto minhas impressões nos próximos minutos.

Hands-on do Motorola One Vision em vídeo

Primeiras impressões do Motorola One Vision

De cara, o Motorola One VIsion chama a atenção por ser mais estreito que os outros celulares. A tela ultrawide de 6,3 polegadas deixou o aparelho mais confortável de segurar com uma mão só: na hora de digitar, dá para alcançar o outro lado da tela sem fazer nenhum malabarismo com o dedão. Como o aparelho continua alto, não é tão fácil alcançar o topo da tela, mas a ergonomia ficou melhor que o de costume.

A tela é outro destaque do One Vision — aliás, a Motorola se orgulhou bastante de ter lançado o primeiro celular com proporção 21:9 no Brasil. São 2520×1080 pixels com boa definição e ângulo de visão. O aproveitamento de espaço ficou ótimo: além de ter apenas um furo no canto esquerdo para a câmera de 25 megapixels, a Motorola finalmente deixou de lado a mania estranha de estampar sua marca na frente do celular.

Motorola One Vision  - motorola one vision hands on 2 1060x596 - Uma olhada de perto no Motorola One Vision

Motorola One Vision  - motorola one vision hands on 10 1060x596 - Uma olhada de perto no Motorola One Vision

O Android 9 Pie é bem limpo, trazendo as Moto Ações, para ligar a lanterna, tirar um print ou abrir a câmera com gestos, e o Moto Tela, que mostra a hora e as notificações com o aparelho em standby. O chamariz aqui são as atualizações garantidas: a Motorola deixa claro que o One Vision terá três anos de correções mensais de segurança e receberá duas versões novas do Android (ou seja, o Android Q e o Android R).

Motorola One Vision  - motorola one vision hands on 4 1060x596 - Uma olhada de perto no Motorola One Vision

Motorola One Vision  - motorola one vision hands on 6 1060x596 - Uma olhada de perto no Motorola One Vision

A câmera traseira principal do Motorola One Vision tem sensor de 48 megapixels, lente com abertura f/1,7 e estabilização óptica de imagem. Não dá para avaliar a qualidade fotográfica somente por números, mas a Motorola parece ter feito a lição de casa no software — que nunca foi um grande destaque nos aparelhos da marca.

O novo aplicativo de câmera traz um modo noturno, batizado de Night Vision, que funciona de forma bem parecida ao de outras fabricantes: é só apontar a câmera, esperar alguns segundos, e o software se encarrega de juntar vários quadros para formar uma imagem mais equilibrada e com menos ruído. Preciso de mais tempo para analisar a câmera, mas o conjunto me parece bem promissor.

Motorola One Vision  - motorola one vision hands on 5 1060x596 - Uma olhada de perto no Motorola One Vision

Motorola One Vision  - motorola one vision hands on 9 1060x596 - Uma olhada de perto no Motorola One Vision

E, claro, o One Vision é equipado com o que um smartphone intermediário tem direito: ele vem com um processador octa-core da Samsung, o Exynos 9609, que deve oferecer desempenho semelhante ao de um Snapdragon 660; além de 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento, com possibilidade de expansão por microSD em um slot híbrido.

Como de costume, o preço deve baixar com o tempo, mas o valor de lançamento já é competitivo levando em conta o mercado brasileiro, com impostos devidamente pagos. Ele foi lançado pelo mesmo preço do Samsung Galaxy A50, mas tem alguns detalhes que podem ser interessantes, como o dobro de memória interna; e é 500 reais mais barato que o Huawei P30 Lite, que não é superior em muita coisa.

Motorola One Vision  - motorola one vision hands on 1 1060x596 - Uma olhada de perto no Motorola One Vision

O review completo do Motorola One Vision sai nas próximas semanas. O que vocês querem saber sobre ele?

Motorola One Vision – ficha técnica:

  • Tela: 6,3 polegadas, Full HD (2520 x 1080), 432 ppi, LTPS IPS LCD, proporção 21:9
  • Processador: Exynos 9609 octa-core de 2,2 GHz
  • RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 128 GB, expansível por microSD de até 512 GB
  • Bateria: 3.500 mAh com carregamento TurboPower de 15 W
  • Câmera traseira dupla: 48 megapixels (Quad Pixel) f/1,7 5 megapixels f/2,2
  • Câmera frontal: 25 megapixels (Quad Pixel) f/2,0
  • Sistema operacional: Android 9 Pie com atualizações de versão garantidas por dois anos pelo Android One
  • Mais: leitor de digitais na traseira, USB-C, entrada de fone de ouvido de 3,5 mm, NFC, bandeja híbrida (2 chips ou chip microSD)
  • Dimensões: 160,1 x 71,2 x 8,7 mm; 181 g