Um ano sem respostas: Quem mandou matar Bolsonaro?

0
24
um-ano-sem-respostas:-quem-mandou-matar-bolsonaro?

Ao sair do palácio do Alvorada na manhã desta sexta-feira (6), o Presidente da República, Jair Bolsonaro foi recepcionado pelo povo ao som de “Parabéns a Você”.


Isso porque o dia 6 de setembro de 2019 marca um ano desde que Adélio Bispo tentou matar o então candidato à presidência durante um ato de campanha na cidade de Juiz de Fora (MG).

Adélio foi considerado inimputável pela Justiça Federal e absolvido pelo juiz da 3ª Vara da Justiça Federal em Juiz de Fora, Bruno Sabino.

A decisão foi proferida a partir de uma ação para comprovação de insanidade mental protocolada pela defesa do acusado. O magistrado decidiu também que Adélio deveria ficar internado em um manicômio judiciário por tempo indeterminado.

Hoje, o presidente disse que nasceu de novo e agradeceu o tratamento médico que recebeu na Santa Casa de Juiz de Fora. “Hoje é meu aniversário, nascido em Juiz de Fora faz um ano, muito obrigado Santa Casa, profissionais de saúde, estou vivo, graças a Deus e dirigindo o destino desta nação”, comentou.

Quem mandou matar Bolsonaro?

Há um ano, brasileiros procuram respostas para as perguntas: quem mandou matar Jair Bolsonaro? Quem paga os advogados do Adélio? Quem pagou a hospedagem do Adélio? Por que ele tinha quatro celulares e um notebook? Quem entrou na Câmara dos Deputados usando nome de Adélio no mesmo dia do atentado?

- ban livraria2019 - Um ano sem respostas: Quem mandou matar Bolsonaro?