Receita zera IOF para operações de crédito e adia recolhimento de contribuições

Além de confirmar a prorrogação do prazo final para a entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física para o dia 30 de junho, a Receita Federal fez ainda outros anúncios em meio à crise na economia provocada pelo avanço do coronavírus no país. O secretário especial da Receita, José Tostes, informou que a…

receita-zera-iof-para-operacoes-de-credito-e-adia-recolhimento-de-contribuicoes  - ca249366 receita zera iof para operacoes de credito e adia recolhimento de contribuicoes - Receita zera IOF para operações de crédito e adia recolhimento de contribuições

Além de confirmar a prorrogação do prazo final para a entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física para o dia 30 de junho, a Receita Federal fez ainda outros anúncios em meio à crise na economia provocada pelo avanço do coronavírus no país. O secretário especial da Receita, José Tostes, informou que a instituição vai zerar a alíquota de IOF que incide incide sobre as operações de crédito por um período de três meses e que adiará o recolhimento do Pis/Pasep, Cofins e da contribuição patronal para a Previdência nos meses de abril e maio. O custo da renúncia será de R$ 7 bilhões; já o diferimento representa R$ 80 bilhões que serão recolhidos mais tarde, entre agosto e outubro.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com