Mercúrio, e não Vênus, é o planeta mais próximo da Terra, dizem cientistas

0
4
mercurio-e-nao-venus-e-o-planeta-mais-proximo-da-terra-dizem-cientistas
- superficie marte 800x451 - Mercúrio, e não Vênus, é o planeta mais próximo da Terra, dizem cientistas

NASA/Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins/Instituto Carnegie/Wikimedia Commons

Uma equipe de cientistas acaba de demonstrar algo que pode te chocar: Mercúrio, e não Vênus, é o planeta mais próximo da Terra em média.

Os pesquisadores apresentaram seus resultados nesta semana, em um artigo na revista Physics Today. Eles explicam que nossos métodos atuais de calcular qual planeta é “o mais próximo” simplificam demais a questão. Mas isso não é tudo.

“Além disso, Mercúrio é o vizinho mais próximo, em média, a cada um dos outros sete planetas no Sistema Solar”, escrevem. Espera aí, como é que é?

Os nossos equívocos sobre o quão próximos os planetas estão uns dos outros vêm da forma como normalmente estimamos as distâncias para outros planetas. Geralmente, calculamos a distância média entre o planeta e o Sol. A distância média da Terra é de uma unidade astronômica (UA), enquanto a de Vênus é de cerca de 0,72 UA. Se subtrairmos uma da outra, calculamos a distância média da Terra a Vênus como 0,28 AU, a menor distância entre qualquer par de planetas.

Porém, um trio de pesquisadores percebeu que essa não é uma maneira precisa de calcular as distâncias para os planetas. Afinal, a Terra passa metade do tempo no lado oposto de sua órbita de Vênus, colocando-a a 1,72 UA de distância. É preciso, em vez disso, calcular a distância média entre cada ponto da órbita de um planeta e cada ponto da órbita do outro planeta. Os pesquisadores fizeram uma simulação com base em duas suposições: de que as órbitas dos planetas eram aproximadamente circulares e de que elas não estavam em um ângulo uma em relação à outra.

GIF: Tom Stockman/Gabriel Monroe/Samuel Cordner

Isso meio que faz sentido — se você ganhasse ingressos para um jogo de futebol, você iria preferir um assento próximo à linha de meio de campo para ver maior parte da ação, e não atrás dos gols, mesmo que, ocasionalmente, você fosse ficar mais perto dos jogadores no ataque nesse último caso. É basicamente isso o que acontece aqui nesse estudo levantado pelos pesquisadores.

De fato, eles descobriram que Mercúrio era o planeta mais próximo da Terra na maior parte do tempo, em média — e de cada um dos outros planetas do Sistema Solar. A órbita inclinada e excêntrica de Plutão não funciona com as suposições dos pesquisadores, mas ele não é um planeta mesmo, conforme definido pela União Astronômica Internacional.

Você pode ler tudo sobre a conta feita no periódico científico Physics Today ou então ver uma explicação da conta no YouTube.

Mas considerando que não existem erros flagrantes na análise, acho que está na hora de dizermos “tchau” para Vênus e dar as boas-vindas ao nosso novo vizinho mais próximo, o melhor dos planetas: Mercúrio.