Jovens gostam de feedback? Esta empresa premiada tem a resposta

UM CONTEÚDO DE Esta empresa da área da educação prioriza também o aprendizado do funcionários jovens e ficou entre as Melhores para Começar a Carreira Por Nina Neves, da Você S/A access_time 20 jan 2020, 11h02 – Publicado em 5 fev 2019, 14h00 Jovem (Foto/Thinkstock) Campo Grande (MS) – Entre os jovens do Sebrae MS há…

jovens-gostam-de-feedback?-esta-empresa-premiada-tem-a-resposta  - d848951b jovens gostam de feedback esta empresa premiada tem a resposta - Jovens gostam de feedback? Esta empresa premiada tem a resposta

UM CONTEÚDO DE

Esta empresa da área da educação prioriza também o aprendizado do funcionários jovens e ficou entre as Melhores para Começar a Carreira

Por Nina Neves, da Você S/A
access_time

20 jan 2020, 11h02 – Publicado em 5 fev 2019, 14h00

Jovem (Foto/Thinkstock)

Campo Grande (MS) – Entre os jovens do Sebrae MS há uma forte sensação de reconhecimento. “Esse é o diferencial do Sebrae, estamos todos envolvidos nos eventos, somos ouvidos”, afirma uma funcionária.
Eles costumam ser procurados para falar de questões processuais e, assim, são valorizados e aprofundam seu conhecimento no dia a dia. Há capacitações específicas para os estagiários, como visitas a algumas empresas para conhecer o processo de trabalho.
O feedback é mensal, o que contribui para o crescimento desses jovens. Isso é reflexo de uma mudança recente na cultura do Sebrae, que tem se voltado para o cuidado e a abertura da conversa (que deve ser sempre de mão dupla), inclusive tendo como pauta a relação entre gerações.
A avaliação anual é o momento de formalizar mais uma dessas trocas — e dela saem sugestões para formação.
“Também nos perguntam se temos ideias para mudar os processos em que estamos participando”, diz um dos funcionários.
O resultado são jovens estimulados, que sentem que têm grandes responsabilidades e confiança. A reclamação fica por causa do fim do processo de estágio: ao término dos dois anos contratuais, é preciso esperar que seja aberto um processo seletivo para voltar ao Sebrae. ms.sebrae.com.br

São Paulo – O USNews divulgou nesta semana a lista das melhores escolas de negócios dos Estados Unidos. No topo, Harvard e seu baixíssimo índice de aceitação de candidatos ao curso de MBA. Apenas 10,7% daqueles que se inscrevem vão, de fato, ocupar os bancos da escola a um custo anual de 61,2 mil dólares.

A seleção passa por uma batelada de testes, análise do histórico acadêmico e do perfil do aluno, com base nas entrevistas feitas pela equipe de admissão. Para se aprovado, o aluno, além de ter um ótimo desempenho no GMAT (Graduate Management Admission Test) – em média nota 725 de 800 que é o máximo – também precisa comprovar boas notas na época de faculdade. O índice usado para medir o desempenho na graduação é o GPA e funciona da seguinte forma:

Conceito/nota

GPA

A ou 90-100%

3.5-4.0 grade points

B ou 80-89%

2.5-3.49 grade points

C ou 70-79%

1.5-2.49 grade points

D ou 60-69%

1.0-1.49 grade points

F ou 0 – 59%

0.0 grade points

Em Harvard, em média os alunos têm GPA 3,66, ou seja, notas entre 9 e 10 predominam no histórico universitário dos selecionados.

Para quem achou quase impossível preencher estes requisitos, ser aceito no MBA no Stanford parece ser ainda mais complicado. A escola de negócios da universidade, que ficou em segundo lugar no ranking do US News tem uma taxa de aceitação menor do que a de Harvard: apenas 6,1% dos candidatos passam pelo crivo da seleção de MBA em Stanford.

Confira, nas fotos, estes e os outros requisitos e preços das fez escolas mais bem avaliadas no ranking do US News.
” aperture”:”0″,”credit”:””,”camera”:””,”caption”:””,”created_timestamp”:”0″,”copyright”:””,”focal_length”:”0″,”iso”:”0″,”shutter_speed”:”0″,”title”:””,”orientation”:”0″}” data-image-title=”size_960_16_9_mba.jpg” data-large-file=”https://abrilexame.files.wordpress.com/2016/09/size_960_16_9_mba4.jpg?quality=70&strip=info&w=960″ data-medium-file=”https://abrilexame.files.wordpress.com/2016/09/size_960_16_9_mba4.jpg?quality=70&strip=info&w=300″ data-orig-file=”https://abrilexame.files.wordpress.com/2016/09/size_960_16_9_mba4.jpg?quality=70&strip=info” data-orig-size=”960,640″ data-permalink=”https://exame.abril.com.br/size_960_16_9_mba-5/” height=”1123″ src=”https://i2.wp.com/abrappmobile.azurewebsites.net/wp-content/uploads/2018/11/Quadro_09-SebraeMS.png?quality=70&strip=info” width=”1878″>
PONTOS POSITIVOS
Os funcionários veem na empresa uma escola completa, onde recebem aprendizado e saem com uma bagagem rica, boas conexões interpessoais e a marca no currículo de uma grande organização, de abrangência nacional.
PONTOS A MELHORAR
Todos entendem que questões orçamentárias e legislativas limitam promoções e recrutamento interno, mas ainda assim isso causa frustrações. Eles acreditam que a meritocracia deveria ter mais peso na política interna.

Notícias sobre
Carreira jovemEducaçãoFeedbackMelhores Empresas para Começar a CarreiraSebraeVOCÊ S/A

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com