Índices europeus sobem com notícias corporativas compensando temores comerciais

0
4
indices-europeus-sobem-com-noticias-corporativas-compensando-temores-comerciais

(Reuters) – Os índices acionários europeus reverteram as perdas do início do pregão e encerraram em alta nesta quinta-feira, com notícias corporativas na Alemanha ajudando a sustentar as ações europeias em meio a temores sobre uma intensificação na guerra comercial entre Estados Unidos e China.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 1,22%, a 1.506 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 1,27%, a 383 pontos, para um pico de fechamento de 10 dias, depois de ter sido pressionado pela imposição de sanções da Casa Branca sobre a gigante de telecomunicações chinesa Huawei na quarta-feira.

O economista de mercado do Rabobank Stefan Koopman disse que as tensões entre os EUA e a China já estão precificadas e que os mercados estão mais focados na situação comercial entre Europa e EUA.

As sanções norte-americanas sobre a Huawei ajudaram as rivais Ericsson e Nokia a avançarem 2,1% e 4,1%, respectivamente.

O índice alemão DAX saltou 1,7%, apesar de ações automotivas sensíveis a tarifas não terem contribuido. Os ganhos em Frankfurt foram impulsionados principalmente por notícias de acordos corporativos.

A Thyssenkrupp subiu 9,4%, depois que a Reuters informou que a Kone, da Finlândia, pode fazer uma oferta pela divisão de elevadores do grupo alemão. As ações da Kone avançaram 5%.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,78%, a 7.353 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,74%, a 12.310 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,37%, a 5.448 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,38%, a 21.151 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,39%, a 9.304 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,05%, a 5.129 pontos.

(Por Medha Singh e Aaron Saldanha)