HomeGovernamentalGoverno estuda taxar compras até 50 dólares

Governo estuda taxar compras até 50 dólares

Pagar imposto é algo que está no dia a dia de todos os brasileiros, isso porque o Brasil é um dos países com maior carga tributária do mundo. Depois da entrada do governo Lula, o Executivo Federal busca o aumento exagerado da arrecadação, de forma que uma série de medidas foram aplicadas como a taxação de compras internacionais acima de 50 US$, revisão da alíquota do PIS/CONFINS, reoneração de combustíveis, taxações no exterior e etc.  Como o corte de gastos é algo inimaginável no governo atual, o que pode vir a acontecer nos próximos meses?

Estudos para novas arrecadações 

O congresso derrubou em meados de dezembro o veto do presidente Lula que barrava a desoneração da folha de pagamento em 17 setores trabalhistas. O veto foi aplicado pois a desoneração custaria aproximadamente R$ 18,4 bilhões em 2024 a menos de receita para o governo. Com isso, o governo estuda diferentes forma de correr atrás do prejuízo, como tentar reduzir o fundo partidário de quase 5 bilhões de reais e taxar as compras de até 50 dólares. Vale lembrar que as compras acima de 50 dólares já estão sendo tributadas de forma automática nas plataformas que aderiram ao programa remessa conforme, do governo federal. 

Expectativa para a taxação de compras de até 50 dólares

Atualmente as compras de até 50 dólares estão isentas de impostos federais, de forma que é aplicado apenas o tributo estadual de ICMS de 17%. Com a inclusão dessa categoria, a alíquota seria igual a das compras internacionais acima de 50 dólares, que beira os 92%. Basicamente, o cliente terá que pagar o dobro do valor do produto devido os novos tributos. Claro que ainda são apenas estudos, mas analisando o plano do governo e seus feitos até agora é difícil acreditar que os mesmos não vão tributar essa categoria de compras também. 

A premissa do governo Lula além da taxação dos 50 dólares 

O ministério da fazenda de Fernando Haddad (PT) calculou que, com a taxação dos bens de até 50 US$, o governo arrecadaria um total 35 bilhões de reais até 2027. Enquanto o governo de Jair Bolsonaro bateu recordes de redução da carga tributaria, o governo Lula engata a marcha ré e pesa ainda mais a sociedade brasileira com impostos e mais impostos. Com a premissa de não reduzir os gastos e a obrigação de respeitar o teto de gastos, o governo tem sempre a mesma solução mágica: Aumentar impostos!      

 

Previous article
spot_img

Últimos arquivos

Explore mais aqui