G1 confirma que perfil foi usado para disparar comentário grotesco sobre criança que desfilou com Bolsonaro

0
20
g1-confirma-que-perfil-foi-usado-para-disparar-comentario-grotesco-sobre-crianca-que-desfilou-com-bolsonaro

O G1 virou piada neste sábado (7) depois que um print viralizou nas redes sociais.


Parece que um dos editores do portal no Facebook esqueceu de trocar a conta antes de publicar um comentário grotesco sobre uma criança que desfilou no carro oficial com Jair Bolsonaro neste sábado, 7, em ato cívico pelo Dia da Independência. O autor do comentário chama o menino de “moleque imbecil”.

Depois que o conteúdo tomou conta da internet, o G1 emitiu uma breve nota sobre o ocorrido, mas não explicou quem foi o responsável pelo comentário:

Nota da redação: A conta do G1 foi indevidamente utilizada para um comentário ofensivo sobre o menino que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro no desfile de 7 de setembro. O G1 repudia o uso de sua conta e anuncia que vai investigar o ocorrido e tomar as medidas cabíveis.

O comentário já foi excluído, mas como nada passa batido na internet, muitos internautas salvaram a postagem:

O ministro da Educação, Abraham Weintraub disse que o fato é inaceitável. “Espero que Deus devolva em dobro todo o mal que há dentro de vocês”, tuitou.

Caso isso seja verdade, é inacreditável. Mesmo para a xxxxx da globo/marinho! O editor escrever isso, inaceitável!!! Espero que Deus devolva em dobro todo o mal que há dentro de vocês. https://t.co/wAtFFfsbUB

— Abraham Weintraub (@AbrahamWeint) September 7, 2019

- ban livraria2019 - G1 confirma que perfil foi usado para disparar comentário grotesco sobre criança que desfilou com Bolsonaro