Dólar cai 1% e fecha a R$ 3,876; Bolsa sobe 0,67%, no 3º dia de alta

O dólar comercial fechou em queda de 1%, cotado a R$ 3,876 na venda. O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, terminou o dia em alta de 0,67%, a 96.054,45 pontos, no terceiro avanço consecutivo.No ano, a moeda norte-americana está praticamente estável, com leve alta de 0,02%, e o Ibovespa acumula ganho de 9,29%. O…

dolar-cai-1-e-fecha-a-r-3876-bolsa-sobe-067-no-3o-dia-de-alta  - dolar cai 1 e fecha a r 3876 bolsa sobe 067 no 3o dia de alta - Dólar cai 1% e fecha a R$ 3,876; Bolsa sobe 0,67%, no 3º dia de alta

O dólar comercial fechou em queda de 1%, cotado a R$ 3,876 na venda. O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, terminou o dia em alta de 0,67%, a 96.054,45 pontos, no terceiro avanço consecutivo.

No ano, a moeda norte-americana está praticamente estável, com leve alta de 0,02%, e o Ibovespa acumula ganho de 9,29%.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, se refere ao dólar comercial. Para turistas, o valor sempre é maior.

Gerdau e Vale são destaques de alta

As ações da Gerdau subiram 6,21% e tiveram a maior alta do Ibovespa hoje. Em relatório do BTG Pactual, analistas afirmam ter confirmado com fontes do setor que a siderúrgica está aumentando preços de aço longo em 10%.

Os papéis da Vale também fecharam com valorização, de 3,28%, sustentados pela alta nos preços do minério de ferro na China, apesar das incertezas sobre a segurança de suas barragens no Brasil.

Recuperação da indústria chinesa

No cenário externo, influenciaram dados de recuperação da indústria da China e sinais de progresso nas negociações comerciais do país com os Estados Unidos.

Investidores de olho na reforma

No Brasil, ainda há cautela depois das tensões políticas entre Executivo e Legislativo na semana passada. Uma troca pública de farpas entre o presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, gerou preocupações no mercado em relação ao andamento da reforma da Previdência.

Na sexta-feira, os dois mudaram o discurso e adotaram um tom apaziguador, o que ajudou a acalmar momentaneamente os investidores.

“Foram muitos momentos de discordância que fizeram com que o mercado ficasse mais atento e cético”, afirmou o diretor de câmbio do Banco Paulista, Tarcísio Rodrigues. “Mesmo com o [ministro da Economia Paulo] Guedes tomando a frente com Maia [na articulação da reforma da Previdência], o mercado vai adotar a postura de ‘ver para crer’.”

Para quarta-feira, está prevista a ida do ministro da Economia, Paulo Guedes, à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

Atuação do BC

O Banco Central vendeu hoje todos os 5.350 contratos de swap cambial tradicional, equivalentes à venda futura de dólares, ofertados em leilão de rolagem do vencimento em maio. O lote a vencer em 2 de maio soma US$ 4,843 bilhões.

(Com Reuters)

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com