Desatando o nó na garganta do brasileiro

0
11
desatando-o-no-na-garganta-do-brasileiro

Ao discursar na abertura da Assembleia-Geral da ONU, Bolsonaro deu voz a milhões de brasileiros

Em seu discurso às Nações Unidas, Bolsonaro falou ao mundo praticamente tudo o que estava entalado na garganta dos brasileiros que o elegeram. Não mentiu pelos cotovelos como Lula, não estocou vento como Dilma, senão que simplesmente forçou a ONU a escutar ao vivo as verdades e ideias que tanto a desagradam, e cuja divulgação ela tanto combate. Agradeceu a Deus, citou a Bíblia, expôs o Foro de São Paulo e a subversão cubana, denunciou a miséria moral e econômica do socialismo e celebrou a abertura de mercado.

Dissipou mentiras sobre a Amazônia, mostrou os reais interesses estrangeiros pela região, falou abertamente sobre a arrogância do mandatário francês e defendeu a soberania brasileira, assim como a dos demais países-membros. Deu voz a comunidades indígenas, desmascarou a grande mídia, mencionou a perseguição aos cristãos, chamou terroristas de terroristas, exaltou o militar brasileiro e criticou as ideologias que pervertem a compreensão da natureza humana.

Matéria de Luis Astorga.

Confira a matéria completa na Revista Terça Livre clicando aqui.

- ban livraria2019 - Desatando o nó na garganta do brasileiro