Damares Alves denuncia revista por apologia ao crime de aborto

0
16
damares-alves-denuncia-revista-por-apologia-ao-crime-de-aborto

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse que deu encaminhamento à denúncia contra revista que ensina mulheres a como fazer um aborto.


Uma reportagem da revista “AzMina”, publicada nesta quarta-feira (18), ensina o passo a passo de como fazer um aborto.

Em uma publicação no Twitter da própria revista, ensina-se, abertamente o jeito “correto” de tomar um comprimido abortivo.

Denunciada por diversos usuários, a postagem não foi retirada da rede social. Além disso, o próprio Twitter comunicou o perfil de “AzMina” de que investigou o conteúdo e não viu nenhuma violação das regras da empresa e que por isso, não tomou nenhuma providência:

Ontem sofremos uma onda de ataques por publicar informação sobre aborto seguro. Ficamos felizes de saber que @TwitterBrasil reafirma a liberdade de imprensa e o direito à informação, negando as demandas de censura que foram feitas. pic.twitter.com/5gFaOO1xPL

— Revista AzMina (@revistaazmina) September 20, 2019

Na reportagem, assinada pela jornalista Helena Bertho e editada por Thais Folego, detalha-se métodos que, segundo elas, são recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Em comunicado, também no Twtiter, Damares Alves afirmou já ter dado encaminhamento à denúncia contra a revista pelo que considerou “uma apologia ao crime e que pode colocar tantas meninas e mulheres em risco”.

Quero agradecer ao @Smith_Hays, à @crisdbernart e tantos outros que nos alertaram sobre este absurdo. Uma apologia ao crime e que pode colocar tantas meninas e mulheres em risco.

Já demos encaminhamento à denúncia. Vamos acompanhar.
https://t.co/g1JN0eMTQv

— Damares Alves (@DamaresAlves) September 20, 2019

- ban livraria2019 - Damares Alves denuncia revista por apologia ao crime de aborto