CPI das Fake News aprova requerimentos que convidam Felipe Neto, Bruno Gagliasso e Taís Araújo para depor

0
30
cpi-das-fake-news-aprova-requerimentos-que-convidam-felipe-neto,-bruno-gagliasso-e-tais-araujo-para-depor

A CPI das Fake News aprovou 86 requerimentos que incluem convites a jornalistas, atores e cantores, que teriam sido vítimas de notícias falsas. Todos os requerimentos foram protocolados por parlamentares que fazem oposição ao governo.


A aprovação em bloco foi bastante criticada pela deputada Caroline De Toni (PSL-SC), que voltou a alertar que a CPI é uma tentativa de perseguir o presidente Jair Bolsonaro.

A deputada disse que o presidente da comissão, o senador Angelo Coronel (PSD-BA) fez uma votação em bloco forçada, o que segundo ela, só poderia ser feito por unanimidade.

“Ou seja, ele aprovou cerca de 86 requerimentos que só querem perseguir nosso presidente com fake news e mais uma vez, nós somos derrotados rasgando o regimento numa decisão totalmente nula do presidente [da comissão]”, aponta a deputada. 

Os principais convidados da esquerda são o youtuber Felipe Neto, as atrizes globais Giovana Ewbank, Carolina Dieckmann e Taís Araújo, Caetano Veloso, a ex-deputada do Psol, Manuella D’avila.

Na mesma sessão que aprovou os requerimentos, a deputada Maria do Rosário (PT) disse que as eleições de 2018 foram fraudadas pelas Fake News e por mentiras e que portanto, Bolsonaro não é legitimamente presidente. 

Veja o vídeo da deputada Caroline De Toni que relata a situação:

Mais de 80 requerimentos foram aprovados em bloco na CPI da Censura sem que houvesse acordo para isso.

O presidente fez de conta que não ouvia minhas intervenções regimentais. A censura não tem limites!

Tomaremos providências para as arbitrariedades do presidente.#CensuraNÃO pic.twitter.com/VGAtqDkXBz

— Caroline De Toni (@CarolDeToni) September 26, 2019

- ban livraria2019 - CPI das Fake News aprova requerimentos que convidam Felipe Neto, Bruno Gagliasso e Taís Araújo para depor