Coronavírus: médicos santarenos publicam carta aberta à população brasileira

Noventa e um médicos de Santarém, município do Pará, publicaram ontem (23/5), uma carta aberta à população brasileira para orientar e informar sobre o tratamento do coronavírus (covid-19). A carta cita o uso de protocolos médicos com sete remédios indicados para o tratamento da enfermidade, entre eles a hidroxicloroquina e azitromicina. “Virologistas e especialistas de…

coronavirus:-medicos-santarenos-publicam-carta-aberta-a-populacao-brasileira  - a1dd3549 coronavirus medicos santarenos publicam carta aberta a populacao brasileira 1024x576 - Coronavírus: médicos santarenos publicam carta aberta à população brasileira

Noventa e um médicos de Santarém, município do Pará, publicaram ontem (23/5), uma carta aberta à população brasileira para orientar e informar sobre o tratamento do coronavírus (covid-19).
A carta cita o uso de protocolos médicos com sete remédios indicados para o tratamento da enfermidade, entre eles a hidroxicloroquina e azitromicina.
“Virologistas e especialistas de vários países (Espanha, Índia, França, Israel, Russia e EUA) indicam este tratamento.“, dizem os médicos que assinam a carta, mas também afirmam que existem “efeitos benéficos e adversos dessas medicações” e ressaltam que para o tratamento é necessário e importante o acompanhamento médico.
“A população deve ficar tranquila com a decisão do médico em prescrever, e a autonomia do paciente em aceitar, na qual, essa decisão conjunta estará respaldada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), sob o Parecer nº 04/2020 e pelo Ministério da Saúde.“, concluem os médicos que assinam a carta.
Confira abaixo
CARTA ABERTA DOS MÉDICOS SANTARENOS
Aos profissionais de Saúde e população Santarena a respeito do CORONAVIRUS
Nós Médicos Santarenos, nos dirigimos à população para orientar e informar sobre o tratamento da COVID-19.
Neste momento de CAOS onde o embate científico é inevitável, sabemos que não se tem ainda a CURA para essa doença. Porém os remédios hoje utilizados apresentam estudos com certa eficácia e são comuns na rotina médica diária.
Queremos aqui INFORMAR e TRANQUILIZAR a população SANTARENA quanto ao uso dos protocolos, contendo as medicações HIDROXICLOROQUINA, CLOROQUINA, IVERMECTINA, PREDNISONA, NITAZOXANIDA, AZITROMICINA E LEVOFLOXACINA, visando diminuir a progressão da doença.
Virologistas e especialistas de vários países (Espanha, Índia, França, Israel, Russia e EUA) indicam este tratamento. Conhecemos os efeitos benéficos e adversos dessas medicações. Por isso o ACOMPANHAMENTO MÉDICO é importante.
Temos consciência de nosso preparo técnico e ético em conduzir nossos pacientes com RESPONSABILIDADE e ATENÇÃO que cada um merece. Reforçamos aqui, aos colegas médicos da linha de frente, que contem com nosso APOIO em lhes dar SEGURANÇA e AUTONOMIA na prescrição destas medicações.
Nossa MISSÃO é indicar o que for melhor para o paciente. A população deve ficar tranquila com a decisão do médico em prescrever, e a autonomia do paciente em aceitar, na qual, essa decisão conjunta estará respaldada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), sob o Parecer nº 04/2020 e pelo Ministério da Saúde.
Santarém, 23 de maio de 2020
Clique aqui para fazer download do documento em PDF.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com