Concentração de riqueza no mundo acelera o mercado de gestão de fortunas

0
12
- 10427155 8b1f 40dd 80a8 1d89281e0630 - Concentração de riqueza no mundo acelera o mercado de gestão de fortunas

Em 2017, o Boston Consulting Group (BCG) publicou em seu relatório anual que, em 2020, 52% de toda a riqueza mundial estaria concentrada nas mãos de milionários ao redor do mundo.

Em 2018 este número já está próximo de ser atingido, muito antes do previsto. Uma tendência confirmada por diversas fontes, entre elas a consultoria britânica Oxfam, a revista Forbes e o Banco Credit Suísse, o qual aponta esta tendência como irreversível.

O fenômeno favorece o surgimento de empresas especializadas em gestão de fortunas, que incluem empresas de Asset Management (gestão de ativos), os Family Offices, que cuidam de fortunas de famílias e preparam processos sucessórios e Boutiques de Investimentos, além de gestores independentes (advisors) que proliferam no mercado.

Outro fator recente que beneficiou de maneira importante o mercado de gestão de fortunas foi a lei da repatriação. “Com a alta volatilidade do mercado e as incertezas políticas, as famílias bilionárias estão buscando consultorias especializadas para administrar suas fortunas. A Lei de Repatriação é uma oportunidade para os family offices nacionais aumentarem os recursos em carteira, já que muitos investidores terão de regularizar sua situação”, avalia Sergio de Wit, consultor de Produtos Financial Services da TOTVS.

“A queda dos juros no Brasil pode levar os investimentos para o setor produtivo, favorecendo sua aplicação em empresas e geração de empregos” afirma Daniel Maranhão, CEO da Grant Thornton, uma das grandes mundiais em fusões e aquisições, e acrescenta: “A experiência e o conhecimento profundo na avaliação de negócios e tendências de mercado permite acessar oportunidades ímpares de investimento, com boas taxas de retorno”.

Segundo o presidente do Conselho da Associação dos Profissionais de Investimentos em Mercado de Capitais (Apimec), Dr. Francisco D’Orto, a gestão de investimentos e patrimônio requer profundo conhecimento em diversas áreas, como Fusões & Aquisições, gestão de venture capital, gestão de ativos não financeiros, planejamento sucessório e blindagem patrimonial, entre outras.

No Brasil, a educação para o segmento é fragmentada. Gestão financeira e governança corporativa, por exemplo, são assuntos que também fazem parte do complexo mundo da gestão de fortunas.

A procura por formação na área é justificada. As opções de investimento multiplicaram-se ao longo dos últimos anos fazendo com que as oportunidades para quem tem dinheiro sejam intermináveis.

Em São Paulo, a Faculdade Roberto Miranda (URM), localizada na Avenida Paulista, desenvolveu um exclusivo e pioneiro MBA sobre o tema, o MBA em Gestão de Fortunas®.

O curso, ministrado pelos maiores nomes do segmento no país, incorporou em seu currículo o investimento no mercado de capitais, gestão de ativos financeiros e não financeiros, M&A (Merger and Acquisitions) valuation, montagem e gestão de boutiques de investimentos, family offices, governança corporativa, preparação para IPO (Initial Public Offering) e temas pioneiros como a montagem e gestão de incubadoras e aceleradoras.

Outro ponto abordado é a gestão do Investimento Anjo, viabilizado por lei complementar promulgada em janeiro de 2017 que permite o investimento direto de pessoas físicas em startups.  Esse segmento é pouco difundido e, embora tenha crescido bastante no país, ainda é tímido se comparado com outros países.

Com opções de 3 ou 4 semestres, o MBA em Gestão de Fortunas® oferece também uma turma especial em São Paulo para participantes de outros estados, com horários diferenciados. Todas  as turmas contam com extensão internacional em Genebra na Suíça, berço mundial da gestão de fortunas.

Existem no mundo mais de 25.000 fundos de venture capital, aqueles que são investidos em empresas, de startups até grandes corporações.

Segundo o relatório Venture Pulse (Q4´17) da KPMG, o mercado de venture capital atingiu 155 bilhões de dólares em investimentos no ano de 2017.

Os países mais ricos estão no topo da lista, ávidos por oportunidades de  investimentos em economias em crescimento.

A lista de oportunidades que existem em gestão de fortunas é interminável e está acessível àqueles dispostos a estudar sobre o tema e empreender no segmento.

Serviço:
MBA em Gestão de Fortunas®
Faculdade Roberto Miranda | URM
Telefone: 11 3146.1100 | WhatsApp: 11 94362.8729
www.faculdaderobertomiranda.edu.br

- 191921 partnerId 1358 - Concentração de riqueza no mundo acelera o mercado de gestão de fortunas

Website: http://www.faculdaderobertomiranda.edu.br