domingo,26 maio, 2019
Qualquer jogador tem uma resposta na ponta da língua para essa pergunta: e aí, prefere Xbox ou PlayStation? Essa questão, que pode deixar usuários debatendo por horas, sofreu uma inesperada reviravolta. Microsoft e Sony anunciaram na última semana uma nova parceira para o futuro dos videogames que pode instaurar uma nova era na indústria acostumada…
"Rage 2" conta com mais de uma dezena de veículos para você rodar pelo mundo pós-apocalíptico enquanto explode tudo o que vier pela frente. Inspirada pelo seu jogo anterior, "Mad Max", a Avalanche Studios teve mais uma vez um belo cuidado com as mecânicas de travessia e combate sobre rodas.
"Mortal Kombat" fez tanto sucesso ao ser lançado em 1992, que várias empresas viram na brutalidade explícita uma oportunidade de negócios. Decidiram, então, criar seus próprios jogos de luta violentos.
Enquanto "John Wick Hex", o primeiro jogo oficial do herói do cinema não chega, um brasileiro resolveu fazer uma homenagem em formato de "jogo de Nintendinho". Danilo Dias, desenvolvedor de jogos e parte do estúdio JoyMasher, publicou um vídeo com sua própria versão do Baba Yaga.
Alguns jogos nasceram para ser uma experiência solo, mas acabaram ganharam um modo multiplayer. Os motivos podem ser vários: desde explorar novas ideias até aproveitar alguma tendência do mercado ou simplesmente aumentar a longevidade do título.
É verdade que o tutorial de "Mortal Kombat 11" é um dos melhores já feitos em um jogo de luta, mas nem mesmo ele diz tudo aquilo que você precisa saber.
Pode parecer estranho, mas os jogos tipo "Mario Kart" do Sonic são os que aproveitam melhor a característica veloz do personagem, e "Team Sonic Racing" (PS4, Xbox One, PC e Switch), lançado nesta terça-feira (21), é mais um exemplo disso.
Cada tesouro custa 250 corações e está recheado com os itens mais raros do jogo.
O grande barato de "Rage 2" é o combate no melhor estilo "Doom", com algumas doses a mais de adrenalina, no melhor estilo "Just Cause". A mistura entre habilidades e diversas armas rápidas podem fazer de cada confronto um momento especial.
Filmes baseados em games ainda são um tabu. Poucos foram bons, muitos foram muito ruins, e cada novo anúncio deixa os jogadores desconfiados com o resultado final. Foi assim com "Sonic", por exemplo: os fãs já torceram o nariz com o teaser e, depois de tanta pressão que acompanhou o primeiro trailer, os produtores decidiram…