Bolsonaro assume presidência do Mercosul e quer eliminar viés ideológico do bloco

0
20
bolsonaro-assume-presidencia-do-mercosul-e-quer-eliminar-vies-ideologico-do-bloco

O presidente Jair Bolsonaro assumiu nesta quarta-feira (17) a presidência pró-tempore do Mercosul em cúpula realizada na cidade de Santa Fé, na Argentina.


De acordo o Bolsonaro, o plano de ação é ambicioso: eliminar o viés ideológico do bloco, enxugar sua estrutura, revisar a Tarifa Externa Comum e acelerar as negociações comerciais com grandes economias de todo o mundo.

“Com a retomada do crescimento econômico e a liderança do nosso Brasil, o Século XXI tem tudo para ser o Século da América do Sul. Vamos mudar os rumos da nossa história!”, tweetou o presidente.

O presidente está na Argentina para a 54ª Cúpula do Mercosul. Os presidentes Maurício Macri da Argentina, Tabaré Vázquez do Uruguai e Mario Abdo Benítez do Paraguai também participam do evento.

As reuniões de cúpula buscam o consenso para a celebração de acordos com o objetivo de destravar e transformar o bloco econômico, que segundo Bolsonaro, se tornará o Mercosul 2.0.

Uma das principais atividades será a assinatura do acordo para que viajantes dos países do bloco não necessitem mais pagar roaming internacional, ou seja, possam realizar ligações sem cobranças extras das operadoras de telefonia durante as viagens.

Outros acordos à serem discutidos são a troca de informações migratórias entre os países, políticas coordenadas de saúde, extensão de medidas para a proteção de mulheres vítimas de violência, extensão de decisões judiciais sobre pensões alimentícias, rede de cooperação penitenciária, defesa do consumidor, revisão das tarifas de importação, e flexibilização de acordos bilaterais, onde o brasil pretende também estabelecer um acordo de livre comércio com os Estados Unidos.

– Estou em Santa Fé, na Argentina, para a Cúpula do Mercosul. O momento é de celebração para o bloco, depois do histórico acordo com a União Europeia, que ajudará a modernizar nossas economias, estimular o crescimento e gerar empregos, mas o trabalho não pode parar.

— Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) July 17, 2019

- ban livraria2019 - Bolsonaro assume presidência do Mercosul e quer eliminar viés ideológico do bloco