American Airlines quer reconquistar confiança de passageiros colocando executivos para voar no Boeing 737 Max

0
34
american-airlines-quer-reconquistar-confianca-de-passageiros-colocando-executivos-para-voar-no-boeing-737-max

A American Airlines tem um plano para convencer os consumidores de que os Boeing 737 Max são seguros para voo: colocar seus executivos para voarem nele para ver no que vai dar.


O presidente da American Airlines, Doug Parker, disse durante um encontro com acionistas nesta semana que executivos e outros funcionários realizariam voos em aviões 737 Max antes que a companhia aérea disponibilizasse a aeronave para os clientes, informou a Bloomberg nesta quinta-feira (13). Até que não é uma má ideia, né?

Em um e-mail enviado ao Gizmodo sobre a decisão, um porta-voz da American Airlines disse estar “confiante de que as atualizações iminentes do software junto com os novos elementos de treinamento que a Boeing está desenvolvendo para o Max levarão à recertificação da aeronave em breve”.

“Nossa equipe continua a trabalhar em colaboração com a FAA, a Boeing e a Allied Pilots Association neste processo”, disse o porta-voz da companhia. “Temos a maior confiança em nossa frota, que é pilotada por profissionais altamente treinados. Nossos clientes podem ter certeza de que um piloto da American Airlines nunca operaria uma aeronave insegura”.

A decisão segue um período desastroso de relações públicas tanto para a Boeing e para as empresas que têm aviões 737 Max em suas frotas. Desde março, as aeronaves Boeing 737 Max não estão mais voando após dois acidentes que mataram no total 346 pessoas. E como ainda não está claro quando estes aviões serão liberados para voos comerciais, as companhias aéreas com estas aeronaves em sua frotas são forçadas a continuar cancelando voos.

A American Airlines anunciou nesta semana que iria estender os cancelamentos de voos até o dia 3 de setembro, detalhando em um comunicado que cerca de 115 voos por dia seriam cancelados como resultado da proibição temporária das aeronaves. A Southwest Airlines, que também tem aviões 737 Max em sua frota, anunciou esta semana que cancelaria 100 voos por dia até o início de setembro.

Será que o fato de a American Airlines colocar seus principais executivos em aeronaves responsáveis pela morte de centenas de pessoas recuperará a confiança dos consumidores? Pesquisas sobre a percepção dos passageiros parecem ter resultados bem conflitantes. Porém, não deixa de ser uma ação ousada.